Resenha: Psicose

wp-image-1817587594jpg.jpg

‘’Mas tinha feito muito pior do que o convite. Tinha ido para casa e contado á Mãe que teria companhia. Tinha marchado até o quarto e anunciado isso, como se dissesse: ‘’Atreva-se a fazer alguma coisa!’’ Página 62

A história gira em torno de Norman Bates, o típico cara tímido que esconde muito por traz dessa máscara de timidez, ele vive diretamente sob o controle de sua mãe, ambos cuidam de um hotel na cidade, o outro lado da história e a personagem Mary Crane que deseja desesperadamente ir viver com o namorado, nisso acaba roubando 40.000 mil dólares do local onde trabalha, e foge e ai os caminhos dela se cruzam com o do Hotel Bates, onde ela se hospeda e acaba jantando com Norman, e com isso desperta a fúria da senhora Bates.

2016-10-20-05.48.15-1_1.jpg.jpg

‘’Norman sabia que viriam, antes mesmo de os ver chegar. Ele não sabia quem eles seriam, nem que aspectos teriam, nem mesmo quantos viriam. Mas sabia que viriam. ‘’ Página 183

Eu sempre quis ler Psicose, porém sempre tive um receio de não gostar e na hora que comecei o primeiro capítulo não parei mais, a história é envolvente e com um típico clima de suspense, durante o livro a narrativa vai se passando entre alguns locais, como onde Mary trabalhava, durante a fuga, o Hotel, as investigações do roubo e etc, o final do livro é um tanto que surpreendente e chocante caso você como eu não saiba muito sobre o desenvolver da história. Porém Psicose é com certeza um livro que todos devem ler, e é definitivamente um dos favoritos do ano.

‘’Muito melhor assim: estar plenamente consciente do próprio eu, como realmente era. ‘’ Página 235

A editora DarkSide teve o cuidado de colocar diversas fotos clássicas do filme Psicose.

2016-10-20-05.48.02-1_1.jpg.jpg

Aliás quem não viu o filme, vejam é definitivamente um grande e belo clássico, e quem adora seriados assistam Bates Motel (já no livro e filme você pode perceber diversos problemas psicológicos mas na série e trabalhada a cada episódio e podemos ver o desenvolvimento da Psicose de Norman e dos efeitos da Mãe sobre ele.)

2016-10-20-05.48.17-1_1.jpg.jpg

2 thoughts on “Resenha: Psicose

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s