Resenha: Bom dia, Verônica

Processed with VSCO with 5 preset


Bom dia, Vespas

”Naquela segunda-feira em que começou o fim da minha, ela foi a primeira pessoa a me dar realmente ”bom dia”. Disse com os olhos, enquanto me encarava, como diante do espelho.” Página 13

Processed with VSCO with 5 preset

Processed with VSCO with 5 preset

Vamos acompanhar a história de algumas mulheres, algumas trajetórias, toda expectativa que você possa ter sobre esse livro, sobre Verônica, pense novamente, leia até o final.
Vamos acompanhar a história foco de Verônica, uma escrivã da policia, secretária que acaba no cruzar o destino de Marta Campos, que se suicida em sua frente, após isso Verônica acha que deve justiça a moça e prender o homem que ajudou a Marta a chegar ao seu fim, em meio a isso, ela cruza o caminho de Janete que em desespero por conta das agressões que presencia teme por sua vida, Verônica parte em busca de solucionar mais esse caso, tudo se embola e se complica, Verônica acaba descobrindo coisas que não gostaria, e vendo o pior do lado do ser humano.

Processed with VSCO with 5 preset

Processed with VSCO with 5 preset

”No Brasil, ninguém checa nada. A mulher se suicidou. Logo, caso encerrado.”

Página 18

Durante a narrativa, conhecemos o ponto de vista de Verônica e em umas pequenas partes a de Janete. Janete, a tipica moça casada das antigas, abandonou a família por não aprovarem seu relacionamento e em meio a isso se afastou dos amigos, seu mundo gira em torno de manter a casa limpa para o marido e seu prato preferido a mesa, Brandão, seu esposo, um policial militar que passa invisível pela vizinhança e pelo trabalho porém em cada mulher que ele o conhece seu rosto passa longe de ficar invisível, Brandão, policial, cidadão, monstro.

Processed with VSCO with 5 preset

”Depois, me dei conta de que eu não queria salvar o mundo, só queria ajudar a ter menos sujeitos de merda soltos por aí.” Página 160

Processed with VSCO with 5 preset

Processed with VSCO with 5 preset

Esse livro é mais um daqueles livros que todo mundo deveria ler, publicado pela editora Darkside como era de se esperar a edição está belíssima. Tudo o que eu esperava desse livro me fez levar um tombo, pois cada vez me surpreendia, o mistério e trama são envolventes, os personagens muito bem construídos, e esperem um final de arrebatar, confesso que algumas horas queria bater na protagonista, porém é o tipico ‘no final faz sentido’.

”Não chorei as dores do mundo, mas minhas dores já eram o suficiente para me inundar por completo.” Página 239

Processed with VSCO with 5 preset

24 thoughts on “Resenha: Bom dia, Verônica

  1. Oiii Juliana, tudo bem?
    Menina eu fiquei apaixonada pela sua resenha e adoraria ter a oportunidade de realizar a leitura, é um tipo de livro que sempre fico a namorar por causa da edição estar tão linda, ótima resenha linda!
    Beijinhos

    Like

  2. Olá! Já tinha visto esse livro, mas não sabia exatamente sobre o que tratava. Parece uma história intensa, com uma protagonista forte. Fiquei curiosa. O livro tem detalhes lindos, como todas as edições da Darkside. Adorei suas fotos!
    Beijos!

    Like

  3. Darkside é a sua editora favorita, né? Adorei mais esse livro que não conhecia, valeu a dica!
    Gostei do livro tratar sobre violência contra a mulher e quem toma conta da situação é uma protagonista feminina. Adorei o post!

    Like

  4. Olá! Acho que perdi algum lançamento da Darkside rs. Porque não vi esse livro.
    Como sempre a capa está maravilhosa.
    Vou dar uma pesquisada melhor e quem sabe comprar. Adorei a resenha!

    Like

  5. Olá!

    gente, que premissa é essa? Já tinha visto esse livro, mas não sabia que era nacional. É um pouco forte para mim, que não aguento ler histórias com mulheres agredidas e etc., mas arriscaria só pra saber o final – e pra ficar vendo essas imagens maravilhosas!

    Like

  6. Olá! A edição está linda, a DarkSide fez um belo trabalho. Não sabia que o conteúdo do livro seria esse, e olha, fiquei curiosa para ler, conhecer mais sobre a trama. Deve ser uma ótima leitura, beijos! Ah, fotos lindas!

    Like

  7. Parece ser um livro muito cativante, gostei que a história segue o ponto de vista de várias mulheres diferentes, geralmente essas histórias separadas são muito boas.

    Agradeço a dica

    Like

  8. Oii, tudo bem?

    Parece muito interessante, gosto de livros assim porque você aprende coisas que leva pra vida toda. Aprende que não tem que aceitar determinadas coisas e que tem que lutar para sua vida e pela sua saúde. Fora que a Darkside arrasa nos livros né?!

    Beijos

    Like

  9. Oi, tudo bem?
    Já ouvi falar desse livro, mas ele não me atraiu muito. Achei a capa bem bonita e a diagramação parece ser tbm, bem na qualidade DarkSide mesmo. Mas o enredo em si não me chamou atenção. Quem sabe mais pra frente eu leia.
    Beijos

    Like

  10. Oi, tudo bem?
    Morro de curiosidade com esse livro, principalmente pelo trabalho de edição da Darkside, que ficou incrível como sempre. O livro é muito lindo! Outro ponto é que em 2017 quero aumento o número de leituras nesse estilo.
    Bjs!

    Like

  11. Olá!!!
    Histórias femininas é sempre algo que toca, o livro me parece ter um toque de realidade que torna a leitura mais intensa e gosto disso, no fim acaba se tornando uma análise real da vida, uma lição da vida em palavras.
    Adorei a premissa e fiquei mega curiosa.

    Beijokas

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s