Resenha: A Química que há entre nós

”Então esta, com certeza, não é uma história de amor á primeira vista. Mas esta é uma história de amor. Bom. Mais ou menos.” Página 8

Nessa obra somos apresentados a Grace Town, uma garota com comportamentos estranhos, seu cabelo bagunçado e aparência mal cuidada, suas roupas largadas e ate seu cheiro é um tanto que estranho, seu suporte é uma bengala por causa de sua perna, uma garota cheia de mistérios, e do outro lado temos Henry Page que se encanta pelo mistério que é Grace Town, e no momento em que coloca os olhos nela sente que tudo vai mudar, porém Henry descobre que as vezes as pessoas são mais machucadas do que parecem e nem tudo é cena de filme, e outras coisas duram o para sempre que deveriam durar.

”Gosto de ter respostas prontas pra quando as pessoas me perguntam sobre mim mesma. Quer dizer, se eu não sei quem sou, como é que outra pessoa deveria saber?” Página 39

Sinceramente eu não sei como me sinto sobre esse livro, ele é tocante, surpreende e mais ainda o final dele te tira do chão pois é fora dos padrões, assim como o personagem aprende, os leitores também e achei isso genial, a autora nos mostra como a amizade e família são importantes, ela fala sobre a forma de lidar com a perda. E sobre Grace, Henry só sabe que apesar de sua personalidade bipolar ele quer desvendar cada parte secreta de sua alma, porém muitas vezes mesmo com a verdade, só enxergamos o que queremos.

”…pensando em Grace Town e em como, se as pessoas realmente eram formadas de pedaços do universo, sua alma era feita de poeira de estrelas e caos.” Página 101

Cada personagem desse livro me cativou, e suas referências a Harry Potter foram me conquistando a cada página. Mas finalizando essa é uma obra que qualquer pessoa que gostou de alguma leitura uma vez na vida deveria ler, esse livro é sensacional. LEIAM ESSE LIVRO!

”Grace Town se tornara o fantasma que ela queria ser, e a ausência dela – a ferida de ranhura que ela deixou para trás quando se arrancou da minha vida – me fez recuperar o fôlego.” Página 206

 



”Rascunho Seis:

Porque você vale nada menos do que poeira de estrelas, mas tudo o que posso dar a você é sujeira.” Página 193

28 thoughts on “Resenha: A Química que há entre nós

  1. Instigante… Contudo tem um quê de pouco provável. Me chamou atenção o excerto: “Gosto de ter respostas prontas pra quando as pessoas me perguntam sobre mim mesma…” Ela entra entra em contradição com o resto da construção que vem a seguir. Juro que não entendi. Uma frase briga com a outra… As ideias brigam entre si…. Isso me deixou cabreiro… Será que está mal construído? Se gosta de ter respostas prontas, por que então questiona: ” Quer dizer, se eu não sei quem sou, como é que outra pessoa deveria saber?” – Há um conflito aí… Quase “esquizofrênico” por sinal… rsrsrs…

    Mas tudo bem… Fato é… Que são duvidosas as pessoas que gostam de ter respostas prontas… Principalmente sobre si mesmas… Dessas, corram! Adquiram distância na vida real! kkkk

    Like

  2. Eu estou curiosa com esse livro mas tenho dúvidas se vou gostar dele. Achei a sua resenha muito interessante e sincera, o que me deixou com mais vontade de ler. Acho a capa dele maravilhosa e a premissa da história bem atraente.

    Like

  3. Olá, tudo bem?
    Esse livro é mais um que eu me encantei desde que li a sinopse no lançamento. Sua resenha foi a primeira que li sobre a obra e me encantei.
    A premissa é linda e saber que é um livro tocante já me convenceu a ler.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    Like

    1. Olaa
      Também fiquei ansiosa desde o lançamento e atendeu e superou minhas expectativas. Hahaha. Obrigada

      Like

  4. Oie!
    Aii que linda resenha!
    Eu to namorando esse livro desde que anunciou na pré-venda, mas acabei deixando pra lá porque a lista de livros pendentes pra ler está enorme.
    Adoro esse tipo de história que nos tira o eixo, e deixa a gente meio que com aquela ressaca e reflexivo.
    Vou ter que furar a fila e comprar esse logo!
    Beijos!

    Like

  5. Oie,
    Primeiro tenho que comentar sobre essa capa linda que parece que os peixinhos estão nadando em 3D, estou apaixonada por essa capa! Lendo a resenha e vendo você dizer que o livro é totalmente fora dos padrões você me conquistou! Preciso ter esse livro pra ontem!!
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    Like

  6. Olá!
    Me apaixonei por esta capa desde a primeira vez que vi e então coloquei este livro em minha lista para ler, e agora com essa sua super indicação, acho que terei que pular a fila. Amei.
    Ah, suas fotos também ficaram lindas. Parabéns!

    Like

  7. Oiii tudo bem?
    Fico feliz que tenha trazido a resenha para nós, achei o romance bastante interessante e até tocante, quem sabe eu leria e assim me apaixonaria pela história, lindas fotos.
    Beijinhos

    Like

  8. Olá, tudo bem? Nossa só pela sinopse podemos sentir que o livro irá tocar. Com referências a HP fica melhor ainda ❤ Já tinha ouvido falar do livro por ai, mas nunca imaginei que a belíssima capa fosse tratar também de perdas. Fiquei bem curiosa e ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    Like

  9. Uma personagem fora dos padrões e isso é legal. Só não acho bacana é quando no final a personagem acaba entrando nos padrões e ainda com o cara que a salva de se mesmo.
    Mas parece não ser o caso desse livro já que tem um final surpreendente.

    Beijos

    Like

  10. Olá, tudo bem?

    Confesso que já me senti totalmente instigada para leitura logo pela capa.

    Esta diagramação, pelo que pude perceber, está maravilhosa e causa uma sensação estranha no começo, porém maravilhosa.

    Quanto ao enredo, só tive mais certeza ainda de que necessito desta leitura.

    Parabéns pela resenha! Abraços (:

    Like

  11. Olá!
    Já vi algumas pessoas falando bem e outras falando mal dessa obra, então tenho muita curiosidade em ler para ter a minha própria opinião. Gostei muito da sua resenha, e da maneira que você falou da trama, além dessas fotos que ficaram maravilhosas.
    Beijos.

    Like

  12. Oi, tudo bem?
    Acho a capa deste livro linda e gostei da premissa dele, mas as referências a HP me deixariam confusa já que não assisti nem li, rs.
    Bjs

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s