Resenha: Enfield

“Quanto a mim, a última coisa de que eu precisava em setembro de 1977 era de um poltergeist.” Página 35

1997, esse ano marcou uma família comum no subúrbio de Londres, após 31 de Agosto nenhuma noite seria igual ou normal. A família Harper teve sua vida e sua casa reviradas cabeça a baixo, batidas e sons que não se podiam explicar, vozes não humanas, móveis se movendo e caindo, um caso que de pouco em pouco atraiu cada vez mais pesquisadores, médiuns, psicólogos e entre eles Guy Lyon Playfair e Maurice Grosse dois pesquisadores de atividades psíquicas que investigaram todo o caso Enfield

“Por que ter medo de uma garotinha de quatro anos, viva ou morta?” Página 49

O caso foi ganhando cada vez mais popularidade e com isso atraiu bastante pessoas que viam apenas a farsa por trás da família, porém as manifestações continuavam, e as pesquisas também, os pesquisadores acreditavam que a assombração era genuína independente de outros psicólogos e jornalistas não estarem  convencidos. Mas o mistério continuava, seria possessão? farsas? travessuras? ou um real poltergeist? Eles não sabiam ao certo, mas tinham certeza de que havia algo errado e sombrio ali.

“Esse foi o primeiro novo desdobramento – o poltergeist era capaz de seguir os Harper para fora da casa” Página 54

“Talvez ele tenha de fato atravessado o piso. Quem pode saber? Nada em relação ao caso Enfield me surpreenderia.” Página 71

No inicio da leitura o autor avisa que pode ser entediante ou repetitivo, e realmente em algumas partes vemos muita repetição de alguns fatos, mas não achei de forma alguma entediante, durante a leitura me sentia curiosa e ansiosa para saber o final do mistério, se era uma travessura ou algo real, e confesso que adorei o desenrolar, vale ressaltar que é uma obra de não-ficção(que serviu de inspiração para filmes, livros e documentários), e quem gosta do gênero essa é uma obra magnífica e uma leitura indispensável.

“Esta é a casa que tem o poltergeist?” perguntou o motorista.

“Sim, isso mesmo”, respondeu a sra.Harper. “A senhora gostaria de entrar?” Ela a encarou e saiu em alta velocidade sem dizer uma palavra, o que a sra.Harper achou muito divertido. Página 118

“Veja as pessoas estão preparadas para aceitar fenômenos psíquicos desde que sejam apresentados como ficção ou fantasia, ou como parte de um sistema religioso, mas lhes diga que é tudo verdade e a reação imediata de todo mundo é simplesmente supor que estamos enganados ou mentindo descaradamente.” Página 254

44 thoughts on “Resenha: Enfield

  1. Oiii Juliana tudo bem?
    Estou bastante a realizar a leitura desse livro, principalmente por trazer um grande suspense ao meu ver, achei a edição um luxo e adoraria comprá-la.
    Beijinhos

    Like

  2. Olá! Pena que foi repetitivo. Ainda bem que o autor avisa no início. Que bom que você não achou entendiante e adorou o desenrolar. A gráfica do livro parece está encantadora. Além de apresentar o livro você me deixou curiosa para ler também. Beijos’

    Like

  3. Olá, tudo bem?
    Nossa, estou impressionada de verdade, a leitura parece ser bem tensa! A edição do livro está muito bem elaborada, não sei se eu teria coragem de ler, mas dar uma folheada já valeria a pena. Bjooo

    Like

  4. Fotos maravilhosas! Estou looouco pra comprar e ler, fiquei ainda mais com vontade. Parabéns pelo blog, ja estou seguindo.. poderia seguir o meu? notícias sobre horror movies todos os dias… obrigado 🙂

    Like

  5. Olá!
    Estou bem curiosa pra realizar essa leitura. Não conheço muito a fundo, mas a Darkside vem proporcionando a nós leitores verdadeiras maravilhas. E os projetos gráficos lindos!
    Certamente é uma dica de leitura que vou pegar.
    Beijos!

    Like

  6. Oii tudo bem? *-*
    Não sou muito de ler livros de suspense mas esse eu fiquei curiosa, primeiro pela capa que alias é maravilhosa e muito misteriosa e segundo pela sua resenha que me deixou com vontade de desvendar esse mistério, muito obrigada pela dica já irei anotar ♥
    Beijos!

    Like

  7. Acho a capa desse livro linda, mas não tinha ideia do assunto que ele tratava. Imagino que essa família deva ter tido suas vidas viradas de cabeça para baixo com tantos fatos estranhos acontecendo dentro de sua casa. Não sou de ler livros de não-ficção, mas esse eu achei interessante e leria com certeza.
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

    Like

  8. Olá, tudo bem?

    Eu quero ler Enfield, é algo que realmente me interessa. Deve ter sido foda para as famílias ter vivenciado tais experiências acontecendo no próprio lar. A edição parece estar muito bonita também. Dica anotada!
    Beijos

    Like

  9. Olá!

    Não conhecia esse livro, mas achei a premissa surpreendente. Quando vi a capa, a achei bem original, apenas uma porta com um número – seria um ano ou apenas o número da casa? – Não conhecia a história por trás do livro, mas pretendo dar uma chance a ele só pela originalidade – e pelo trabalho da Caveirinha.

    Like

  10. Olá… Menina do céu… que edição é essa??? Eu não conhecia… perfeita… a Dark sempre arrasando… fiquei extremamente curiosa por este enredo… parece algo de arrepiar… eu sempre curti este tipo de história… arrasou!! Xero!

    Like

  11. Olá, tudo bem? Não estou nem um pouco com medinho desse livro hehehee Mas socorro, me benzo, rezo e passo longe dessa literatura. Infelizmente morro de medo de livros assim, e é verdade, então tenho mega dificuldade de ler algo assim. Por isso infelizmente passo a dica. Mas com certeza será um prato cheio para quem gosta. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    Like

  12. Olá! Desde que vi a capa desse livro já chamou minha atenção e agora lendo sua resenha, estou ainda mais curiosa. Gosto de livros e filmes com essa temática sabendo ser inspirado em fatos reais. Outro livro que gosto bastante é Amityville, vale a pena conferir também. Espero ler esse livro em breve, bjoooooo

    Like

  13. Uau! Adorei a resenha!
    O livro parece ser muito arrepiante.
    Eu gostei muito do último quote da página 254,
    Mas não lerei, infelizmente!
    Filmes e livros de terror atormentam minha mente fértil. rsrs
    Sério! Eu não durmo, tenho pesadelos… É uó! rs
    Mas eu achei a estrutura do livro muito boa!

    Like

  14. Olá!
    Ainda não conhecia esse título e não fiquei interessada na leitura, pois achei ele repetitivo demais só pela sua resenha. Entretanto, é impossível não dizer que a história é instigante e, de certa forma, assustadora.
    As fotos estão divinas.
    Beijos

    Like

  15. Oiieee, eu posso até não gostar muito de histórias de terror mais que livro lindo é esse? como não querer te-lo na estante? com certeza espero poder ler em breve!

    Like

  16. Oi Alice, sua linda, tudo bem?
    Esse trecho do livro que colocou no final realmente faz a gente pensar, porque a princípio acho que é exatamente essa a reação da maioria das pessoas. Gostei muito do mistério de termos que descobrir se é real ou não e se é uma obra de não-ficção tudo indica que seja verídico. O que me dá mais medo,risos… Por isso não leria, fico muito impressionada. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    Like

  17. Oláa! aah! Eu não conhecia esse livro da DarkSide. Amo livros assim. HAHAHA
    Eu amei essa capa. Darkside sempre arrazando né?
    Beijos! Espero ter a oportunidade de ler ❤

    Like

  18. Olá!
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas fiquei super curiosa com ele, principalmente por essas fotos que realmente chegar a dar aquele medo hahaah Sem falar nessa edição maravilhosa, como sempre, da Darkside, né?
    Beijos.

    Like

  19. Oii
    Achei a capa lindíssima!!
    E eu gosto sempre de filmes do tipo, mas nunca li em livros, mas a vontade é grande!!
    E eu adorei esse e a sua resenha, vai para a lista!!

    Like

  20. Oiee
    Tudo bem?
    A Darkside arrasa sempre né? Apesar de não ser adepta a esse gênero, sua resenha, essas fotos, essa diagramação me deixaram bem curiosa em relação a esse livro.

    Bjs

    Like

  21. Olá
    Esse livro está na minha Wishlist a algum tempo, mas sempre fiquei na duvida do que se tratava, mas sua resenha ficou maravilhosa e agora quero o livro para ontem. rsrsrsr
    E que diagramação em? A Darkside arrasa nesse quesito não é.
    Beijuh

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s