Resenha

Resenha: Inventei Você?

Processed with VSCO with c8 preset

Processed with VSCO with c6 preset

Processed with VSCO with c6 preset

”Seja educada, Alex. Seja educada. Ele não vai te matar por causa de um pouco de água. Ele não é uma alucinação. Seja educada.” Página 29

Vamos voltar com o blog, falando da história de Alex, ela foi diagnosticada com esquizofrenia, e sempre luta entre saber o que é real e o que esta na sua imaginação, pra completar ela está no último ano, em uma escola nova, e algo acontece, ela encontra um menino de olhos azuis, que marcou seu passado, mas ela acreditava que tudo passava apenas de sua imaginação, a questão é, será que Alex vai conseguir ver o que é apenas sua imaginação e viver a vida ‘normalmente’ ou ela ficará presa em seu imaginário?

Processed with VSCO with c6 preset

Processed with VSCO with c6 preset

Processed with VSCO with c6 preset

”Eu sou louca?
Concentre-se e pergunte outra vez
Eu sou louca?
Resposta nebulosa, tente outra vez
Eu sou louca?
Pergunte de novo mais tarde” Página 110

Comecei o livro sem muita expectativa, e demorei bastante finalizar a leitura apesar de ser um livro bem tranquilo de ler, quando falamos que o livro conta a história de uma personagem com esquizofrenia, acabamos pensando que será um livro em torno disso apenas, mas vai além, o livro todo funciona como uma especie de quebra-cabeça para descobrimos o que é real ou o que é desenvolvido na mente de Alex.

Ele vai ficar bem?
As perspectivas não são muito boas
Posso fazer alguma coisa para deixá-lo bem?
Muito duvidoso
…posso fazer alguma coisa?
Não conte com isso” Página 266

Processed with VSCO with c6 preset

O livro aborda a esquizofrenia um pouco por cima, sem muita profundidade e de forma mais leve possível, a narrativa é bem tranquila, os personagens são bem construídos, a narrativa te envolve de uma forma bem natural. O livro aborda as histórias com muita carga emocional mas sem perder a leveza e a narrativa fluída. O final é meio confuso, afinal se trata de uma história dividida entre imaginação e realidade, afinal a narrativa é feita pela Alex, ou seja nada é muito confiável.

Processed with VSCO with c8 preset

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s